04:26am

com o passar do tempo fiquei mais introspectivo

com o passar do tempo me afastei de todos

com o passar do tempo a simplicidade se tornou distante

com o passar do tempo nem mesmo o fantástico me levava de volta às origens

 

hoje ouço coisas que não fazem sentido

me pego rindo de mim mesmo

nem mesmo as meias são as mesmas

hoje sinto falta do mar?

 

minha cabeça vive no amanhã

as vezes esqueço de viver o hoje.

pequeno, logica, envio, rosa, 21?

me perco em uma xícara negra

 

um dia a calmaria haverá de chegar

o açúcar terá sua devida importância

julho florescerá em felicidade

não fuja, o ristretto será diário

 

 

 

 

Nota para amizade

Amigos de verdade se contam nos dedos, disso todo mundo sabe, porém em certos momentos da minha vida senti como se em minhas mãos não houvesse dedo algum.

A madrugada machuca as vezes, não é? Tamo junto, boy.

 

ps: gosto muito mais do Milhouse do que do Bart

 

Escrito ao som de: YTPMVBR – O anuncio me falou outra vez

link: https://www.youtube.com/watch?v=TcLAiYCqdgs

A madrugada

Chega a ser engraçado o quanto me sinto revigorado durante a madrugada. É como se boa parte daquele cansaço que me acompanhara ao longo do dia, simplesmente fosse dissolvido pela calmaria das primeiras últimas horas. Nem parece que tive um péssimo dia.

A saudade de casa sempre aperta nesses momentos de introspecção. Nunca vi cores tão bonitas quanto as que tingiam os céus daquele pequeno conjunto habitacional que se localiza em meio a uma zona de proteção ambiental.

 

Escrito ao som de: I don’t wanna waste my time – Joji, cantarolada em minha mente.

link: https://youtu.be/UY3mAoqQh0k

De um cozinheiro para outro

Você já olhou para o futuro e se enxergou em outra pessoa?

Recentemente conheci um sujeito, vamos chama-lo de Santiago, que me apareceu em uma manhã qualquer dessas. Em poucos minutos de conversa, notei que eu e Santiago tínhamos muito em comum, apesar da grande diferença de idade, e de que ele se quer é brasileiro. Viajado, cozinheiro experiente, agradável, empenhado no serviço e mais uma série de qualidades que fizeram gostar do cara. Tudo certo, ele iria trabalhar conosco.

Hoje, descubro que a situação dele está complicadíssima, e que fora avistado pelas ruas da cidade, tentando vender uma cesta básica para que pudesse comprar o que comer. Irônico, não? Ainda mais vindo de um cozinheiro.

O fato é que a situação me corroeu por dentro, afinal passar fome num é brincadeira, ainda mais com a conjuntura que acabei de deixar clara. Parte de mim tem plena consciência de que se não me cuidar, posso acabar enfrentando o mesmo destino, na verdade qualquer um, porque o destino é como ‘O Mago’, implacável. Continuando, vou procurar o sujeito e oferecer ajuda, mesmo com os poucos recursos que tenho, afinal o certo é certo.

 

Escrito ao som de: DK Country – Aquatic Ambience. Pois é, to numa vibe de jogos nostálgicos

Link: https://youtu.be/LDvKwSVuUGA

 

Abraçar o mundo

Recentemente tenho vivido muitas situações tragicômicas, porém nada se compara a uma em específico.

Eis que me envolvo em um projeto com potencial grandiosíssimo, juntamente de outros dois companheiros. Fico encarregado de desenvolver determinada tarefa, porém começo a sentir que a máquina não está bem azeitada, o que acaba travando o processo, os dias passam, e aquela suspeita que morava no fundo de minha alma começa a ganhar força, até virar uma espécie de mordaça, ou uma daquelas coisinhas de prender gente no pé da mesa (foto).

Mania de grandeza é complicado de lidar, afinal ninguém consegue abraçar o mundo inteiro. Poxa, desde cedo me ensinaram que é com calma que se chega longe, e a vida me ensinou que a especialização é uma boa forma de se dar inicio a determinado tipo de atividade.

Ah, bom dia.

 

Escrito ao som de: DK Country 2 – Bramble Blast e o som dos carros passando na rua

link: https://www.youtube.com/watch?v=73n7HTcmb5g&ab_channel=MechaSoul

 

Primeiramente, bom dia?

Sempre fui um sujeito noturno, e adorava esse traço de minha personalidade, mas ultimamente a vida adulta veio com os dois pés nos meus peitos, trajando calçados de responsabilidade, e acordar cedo tem virado uma espécie de penúria.

Seja como for, ainda estou acordado conversando com a namorada, aquela que hoje é administradora desse espaço. Ela virou e disse “ah amor, você precisa dormir, afinal vai acordar super cedo amanhã” porém sempre retruco com alguma bobeira para distrai-la e me render mais alguns minutos acordado.

Quando comecei a escrever, tinha em mente a ideia de explanar sobre a diferença de um “bom dia” e “boa noite” para quem, como eu, é um madrugador nato, porém esse texto está ficando maior do que gostaria, e isso aqui num é Facebook, só sou meio carente mesmo. Pois bem, até mais.

 

ps: o título era para a primeira ideia, mas acabou ficando mesmo assim.

 

Escrito ao som: das teclas do notebook e Bloc Party – Banquet

link: https://youtu.be/vdkmhquF60o

Por quê?

Bom, já tem cerca de vinte e sete minutos que estou olhando para essa caixa de texto, e de fato, não tenho muita noção do que relatar, ainda mais nesse primeiro post. Estou com minha namorada ao telefone, a grande incentivadora deste pequeno projeto, e que, do alto de toda a sua calma e serenidade me deu a ideia de relatar minhas experiencias neste espaço. Vamos ver no que dá.

Escrito ao som de: DK Country 2 – Forest Interlude

link : https://www.youtube.com/watch?v=5IUXyzqrZsw&ab_channel=SupraDarky